sábado, 10 de março de 2012

Mediunidade - Comportamento

A  conduta mediúnica é a marca que podes mostrar aos que te cercam, indicando como realmente és na tua vida espiritual. Nessa ordem de coisas é que deves pensar e construir em teus passos os bons modos, tirando de todas as experiências louváveis o melhor para a tua vida. Saúde quer dizer equilíbrio, é sinônimo de harmonia, que em Jesus. Para tanto, deves fugir das contendas.   


O conflito te predispõe para serve para que estimules a paz onde haja tribulação. A tua mente deve ter o talho da mais alta função de comportamento, pois serás julgado por todos os que te cercam na vida, pelo que fazes da própria vida. O medianeiro sincero, assíduo no auto aprimoramento, ouve permanentemente a consciência educada o encontro com as trevas e abre caminhos para que firas o teu companheiro que, às vezes, precisa do teu exemplo de tolerância e de complacência para se encontrar.   


Com alguns minutos de boa conduta, podes ganhar um companheiro que há muitos anos vem se esforçando para vencer a si mesmo.   Foge das arengas das esquinas e da hostilidade das casas que são próprias desse tipo de vida, pois tais ambientes negativos interrompem a tua função de transmissor da verdade e de cura aos teus irmãos que sofrem e choram. 


Compadece-te de ti mesmo, que o benefício será de todas as criaturas. Ninguém vive sozinho. Precisamos de todos, como todos esperam de nós o que temos para dar.   


Acrescenta ao teu dia-a-dia a autoeducação, para que surja o aprimoramento e, dele, a harmonia na tua função mediúnica. Confia em Deus, mas faze com que os outros confiem em ti.   Todos os espíritas conhecem e reconhecem o que é um bom comportamento. 


Se não te esforçares para melhorar, é porque te encontras tomado pela discórdia, dando vazão ao desentendimento por onde passas. A bondade de Deus é tão grandiosa que nós todos, encarnados e desencarnados, em todos os reinos da Terra, recebemos, pelo fluido universal, os pensamentos do Todo Poderoso, com todas as suas leis em estado de germinação para, dentro de nós, informar-nos sobre os caminhos a seguir. 


Cada um recebe de acordo com a sua capacidade e os Espíritos dotados da razão aproveitam o que sabem, o que o tempo lhes conferiu e plasmam nas sensibilidades etéricas aquilo que acham que devem ser.   Planta pelas mãos dos sentimentos as tuas sementes para colheres na realidade o que plantaste. No entanto, somente as ideias de Deus são eternas. ..

... Continua no mês que vêm.

Fonte: Do livro: Segurança Mediúnica João Nunes Maia / Miramez -  Cap.16 Comportamento

Nenhum comentário:

Postar um comentário