sábado, 3 de dezembro de 2011

Energia Mediúnica

Continuação do Capítulo 6 do livro: Segurança Mediúnica (Miramez / João Nunes Maia) - Energia Mediúnica

... O descortino da energia mediúnica, com Jesus, transcende a vasta literatura já escrita e ainda o que se possa escrever, por muito tempo. Comandada por mente adestrada, a mediunidade assegura o bem-estar em todas as suas modalidades e sustenta a esperança em todos aqueles que conhecem e confiam no seu mecanismo.

É nesse empenho que trabalhamos, sem esmorecer, no preparo dos médiuns de boa vontade, para que o amor se estenda por toda parte, levando a confiança e a certeza de que a vida continua, consolando os que sofrem e choram, no ambiente da dúvida. Médium nenhum está livre do guante da dor, nem dos arrochos dos problemas. Essas duas forças fazem com que eles caminhem para o verdadeiro sentido das suas missões, no ministério da vida. Eis aí a razão das sucessivas devassas na vida dos médiuns em evidência, nunca em busca da verdade, mas sempre à procura da mentira.

Como os iguais sempre se atraem, por lei, aqueles que realizam tais devassas começam a identificar fatos, quase sempre distorcendo-os, colocando o medianeiro, mesmo o mais vigilante, como embusteiro. O intermediário dos Espíritos, comprovado por muitos anos nas lides do amor, que não vende nem compra, que não fere nem altera a lei da caridade, é um verdadeiro laboratório onde transmutam todos os tipos de fluidos em luz benfeitora, enaltecendo a vida e estimulando corações para uma conduta reta, em todos os aspectos. O médium curador não precisa, em todas as horas em que se dedica às suas faculdades, receber os Espíritos amigos que o auxiliam nesse trabalho de luz.

A sua presença já configura a presença deles, trabalhando nos dois planos, objetivando um só ideal: a harmonia de todas as criaturas. A doutrina dos Espíritos surgiu na face da Terra para disciplinar a mediunidade e, na sequência, prover uma educação nos moldes dos preceitos de Jesus. Quem não se sujeita às modificações necessárias, pode não se dar bem com a Lei, estabelecida pelo Criador em todas as linhas da Sua Criação. Cada pessoa pode ser uma fonte de magnetismo animal, de amor ou de discórdia.

Quando procura e entende as leis naturais, serve sempre para ajudar, servindo de instrumento onde haja necessidade. Mas, se ignora o bem que pode fazer, cria embaraços para os seus próprios pés. O médium com os dons aflorados, como um terapeuta divino, sentir-se-á dotado de mil meios, providos pela espiritualidade, para a cura mais eficiente das criaturas enfermas...

Fonte:  Do Livro: Segurança Mediúnica (Miramez / João Nunes Maia) - Energia Mediúnica

Nenhum comentário:

Postar um comentário