quinta-feira, 23 de junho de 2011

William Eglinton

William Eglinton
William Eglinton (Inglaterra, 1858 - ) foi um médium de efeitos físicos inglês da Era vitoriana.

Aos dezessete anos de idade foi-lhe permitido ingressar no grupo familiar onde o seu pai investigava os fenómenos espíritas. Na primeira sessão em que participou, a mesa ergueu-se rápidamente, obrigando os assistentes a porem-se de pé para continuar mantendo as mãos sobre a mesma. Na sessão seguinte, o jovem Eglinton entrou em transe, recebendo uma comunicação de sua falecida mãe.

Tendo a notícia das qualidades do jovem se espalhado, chegou a receber convites para apresentar-se profissionalmente, o que recusou.

Em
1878, iniciou uma viagem por diversos países, visitando a África do Sul, a Suécia, a Dinamarca e a Alemanha.

Foi estudado na
Universidade de Cambridge em 1880, pela Sociedade de Psicologia. No mesmo ano também foi estudado pelo Prof. Friedrich Zöllner e outros, em Leipzig, na Alemanha.

A partir de
1884 além de materializações começou a produzir pneumatografia (escrita direta) em lousas de ardósia.

Fonte: Foi biografado por J. E. Farmer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário